Algumas dicas para evitar gastos desnecessários no final do ano.

Os meses de final de ano são uma época em que acontecem muitos gastos com impostos, presentes e viagens.  É também um período em que devemos ter muito cuidado com os gastos, para não passar o resto do ano com a “corda no pescoço”.  Portanto para evitar um sufoco maior ainda o melhor a ser feito é o bom e, vamos combinar, pouco usado planejamento.

Se preparar durante o ano para esse período que é de muitos gastos é muito importante, não adianta chegar no mês de Novembro e ver que esqueceu de poupar durante o resto do ano. Parte do 13º salário também pode entrar junto com as economias feitas para estes gastos de final de ano. Especialistas indicam que o 13º salário deve ser dividido em duas partes, onde, a primeira vai para a poupança ou para pagar dívidas e a segunda vai para os gastos de final de ano.

E mais, não vale gastar tudo o que você suou para guardar durante o ano com presentes e compras de Natal. Não se esqueça que logo ali, em Janeiro, temos os gastos fixos de início de ano,  tais como: IPTU, IPVA, taxas de matrículas, compra de material escolar, compra de uniforme escolar etc.

Lojas cheias, ofertas convidativas, músicas que nos fazem ter vontade de gastar mais e mais, tudo convida para que o consumidor esteja menos atento aos preço e a quanto já gastou ou pode gastar. É muito importante ter calma e bom senso na hora de comprar, não deixar para última hora também é uma boa opção, onde será possível tirar dúvidas sobre o produto que esta comprando, consultar preços, e evitar excessos desnecessários e até garantir um atendimento melhor, sem o tumulto que é tão característico nas últimas semanas do ano.

Sempre que possível é bom evitar o uso do cartão de crédito, que nos dá a falsa ilusão de ter dinheiro, manter o controle é importante para não ter uma infeliz surpresa ao receber a fatura, sem falar que as taxas de cartão de crédito e cheques especiais são as mais caras.  Quatro regrinhas básicas podem ajudar muito na hora de poupar;gastos de final de ano

1) Pagar com dinheiro vivo: além de não ter surpresas na hora que a fatura chegar, não há o perigo de atrasar a conta e ter que pagar por juros altos e certamente por pagar à vista irá ganhar um descontinho na hora da compra.

2) Pesquisar preços: além de saber se a oferta é realmente boa, você pode comprar em uma loja onde o preço seja realmente vantajoso.

3) Pechinchar: a arte da pechincha é indicada por economistas do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), e não é nenhuma vergonha conseguir melhores preços né?!

4) Usar uma planilha de controle financeiro: uma planilha em Excel é uma ótima opção, você lança seus valores e pode verificar e atualizar sempre que quiser, sem precisar sair por ai com o velho caderninho. ( Baixe a Versão 2015 da Planilha de Gastos AQUI.)

Ótimo Final de Ano!!