Ações para sair do vermelho e ficar longe das dívidas.

sair do vermelho

 

O ano está começando e ainda há tempo de tomar algumas providencias para sair do vermelho, começar o ano com o saldo positivo é muito importante. Não existe hora para organizar a vida financeira, mas esse clima de ano novo e de recomeço ajuda a dar aquele empurrãozinho que faltava.

  1. Quite suas dívidas

Após o vencimento de uma conta as empresas enviam uma notificação de débito ao comprador, e se a conta não for paga é só uma questão de tempo para o seu nome “sujar”. Além disso as dívidas em atraso sempre tem um alto juro, o que faz com que a conta a ser paga se torne cada vez maior se não quitada o quanto antes.

  1. Utilize bem o 13º salário

Aproveite o seu benefício para quitar dívidas ou abater parcelas de financiamento quando possível. Aproveite seu salário extra para abater algumas parcelas da casa ou do carro, visto que no final do ano a maioria dos financiamentos tem reajustes e você ainda pode conseguir um desconto por antecipação das parcelas.

  1. Dívidas altas podem ser negociadas

Se o seu dinheiro não for suficiente para quitar aquela dívida que já está com valor fora de seus alcances, junte sua documentação e vá até a empresa ou banco e negocie, a maioria oferece uma solução para que o devedor consiga pagar a dívida.

  1. Reserve dinheiro para as contas do começo do ano

O começo do ano é pesado para o bolso, tem matrícula, uniforme, material escolar, IPTU, IPVA o dinheiro parece nunca ser suficiente e você vê em sua conta um mar vermelho. Faça uma pequena poupança para todos estes gastos e resgate somente na hora em que precisar. Assim o próximo ano será mais tranqüilo nessa época de tormentas.

  1. Eduque-se

Elabore um plano para controlar todas as suas despesas. Se for o caso, envolva toda a família, utilize a Planilha de Gastos.

Em suas ações crie o hábito de economizar, mesmo em situações s diárias tais como utilização de energia elétrica, telefone, transportes, dentre outros.

Com organização, controle e alguns ajustes é possível sim tirar a conta do vermelho e ter uma vida financeira mais tranqüila.

Abraços!